Skip to content

Aprovado Orçamento para 2014, aumento de IMI e Plano Director Municipal no Seixal

30/10/2014

Na reunião extraordinária da Câmara Municipal do Seixal que decorreu esta tarde, foi aprovado o Plano Director Municipal, as Grandes Opções do Plano para 2015 e ainda os valores para as taxas de IMI, Derrama e IRS.
Sem intervenção do público ou dos vereadores, a reunião teve início com a votação do valor da Derrama, que se irá manter em 2015, com um valor de 1,5% para empresas que realizem mais de 150 mil euros de lucro tributável e de 1% para as que realizem lucro tributável abaixo desse valor.
Toda a oposição manifestou o desejo que às empresas que realizassem lucros abaixo dos 150 mil euros não fossem tributadas, mas Joaquim Santos explicou que no caso do Seixal são poucas as que se enquadram nesse escalão, porque mais de 80% das pequenas e micro empresas estão automaticamente isentas de Derrama. Este ponto foi aprovado apenas com os votos a favor da CDU.
Seguiu-se a definição da participação percentual do IRS, que em 2015 irá aumentar de 0,395% para 0,415%, aprovado pelo BE e pela CDU, e com os votos contra do PS e do PSD.
Um aumento de 2,5% irá também ocorrer na taxa de Imposto Municipal sobre Imóveis, que a autarquia aprovou, com os votos contra de toda a oposição.
O PS apresentou uma proposta de redução da taxa de IMI, IRS e Derrama, “com vista a fixar o investimento no concelho, aumentando a sua atractividade”, considerada demagógica pela maioria, que a reprovou, com as abstenções do BE e do PSD.
Contra as Grandes Opções do Plano para 2015 mostraram-se também todos os partidos da oposição.
O orçamento, cujo valor será de cerca de 80 milhões de euros, (em 2014, foi cerca de 85 milhões de euros), foi apresentado nas suas várias secções por cada um dos vereadores da maioria, e deste constam obras como a construção da Escola Básica e Jardim de Infância de Santa Marta do Pinhal, do Estádio Municipal de Futebol no Seixal, da ponte pedonal e clicável entre a Arrentela e a Amora, a conclusão da construção do Centro Internacional de Medalha Contemporânea e da sede da Casa do Educador, entre vários outros equipamentos.
A oposição considerou este “um orçamento possível”, mas mais virado para a aplicação da receita e não a captação de investimento, apontando algumas ausências (como uma intervenção na praia fluvial da Ponta dos Corvos) e propondo reduções na despesa através da renegociação das rendas dos dois edifícios camarários, a diminuição das avenças aos elementos do gabinete jurídico da Câmara Municipal, uma alteração na edição do Boletim Municipal, ou a não inclusão da abertura do Museu de Arte Contemporânea, para o qual o orçamento prevê uma despesa de 200 mil euros.
“O orçamento possível perante um clima macroeconómico adverso e resultado das graves políticas de austeridade” foi também a opinião da maioria, que considerou ser possível, perante os cortes sucessivos do Governo às autarquias, “continuar a efectuar o trabalho para o qual fomos eleitos”.
O Orçamento foi aprovado apenas com os votos favoráveis da CDU, com o PS a apresentar ainda uma Declaração de Voto.
Foi também aprovada a última alteração ao Plano Director Municipal, o que irá permitir a sua aprovação na Assembleia Municipal e publicação em Diário da República, considerando Joaquim dos Santos que “no início do próximo ano poderemos iniciar a sua aplicação”.

 

ESPADARTE PESCADO AO LARGO DE SESIMBRA COM CERCA DE 150KG

30/10/2014

O Clube Naval de Sesimbra informou que foi pescado à cana um espadarte de 150Kg ao largo de Sesimbra por pescador de pesca lúdica a relembrar a época gloriosa da pesca ao Espadarte dos anos 60 e 70.
A embarcação chegou à Marina de Sesimbra por volta das 15h30.

 

Seixal recebe encontro dedicado à adolescência

30/10/2014

O Seixal recebe amanhã, sexta-feira, dia 31 de Outubro, o Encontro «Adolescência, Espelho Meu! Espelho Meu». O evento tem início às 9 horas, no auditório dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal, e prossegue no período da tarde, a partir das 14.30 horas, na Sociedade Filarmónica Democrática Timbre Seixalense.
O encontro é organizado pela Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) do Seixal, no âmbito da comemoração do seu 4º aniversário, em parceria com o Agrupamento dos Centros de Saúde de Almada-Seixal e a Câmara Municipal do Seixal.

Família do Lado promove almoço intercultural no Seixal

29/10/2014

O projecto Família do Lado está de regresso ao concelho e propõe este ano a realização de cinco almoços interculturais. O encontro tem contribuído para uma integração mais efetiva dos imigrantes, reforçando as relações sociais e promovendo a diversidade cultural existente em cada País. A iniciativa sugere a realização de um almoço através do qual uma família aceita acolher em sua casa outra que não conheça, constituindo-se pares de famílias, uma imigrante e outra natural do território onde vive, para a realização de um almoço convívio, típico da sua cultura. O almoço decorrerá no próximo dia 23 de Novembro, domingo, pelas 13h00.
As inscrições para participar nesta edição já estão a decorrer para 10 famílias do concelho, como também para os assistentes, que terão a responsabilidade de acompanhar cada par de famílias, desde a inscrição até ao dia do encontro, participando também no almoço.

Conquistas da Revolução e Vasco: Nome de Abril são apresentados no Seixal

29/10/2014

Os livros Conquistas da Revolução e Vasco: Nome de Abril são apresentados no próximo sábado, dia 1 de novembro, às 16 horas, na Galeria de Exposições Augusto Cabrita, no Fórum Cultural do Seixal.
Conquistas da Revolução reúne os principais diplomas legais que consagraram as grandes conquistas do povo português em Abril de 1974 e evoca a legislação promovida pelo Movimento das Forças Armadas no decorrer do Processo Revolucionário que se seguiu à Revolução dos Cravos.
O livro sobre Vasco Gonçalves mostra-o à luz de 75 depoimentos de várias personalidades da vida nacional e internacional para assinalar os 40 anos decorridos sobre a tomada de posse do segundo governo provisório. Um dos mais amados e emblemáticos Capitães de Abril, o general Vasco Gonçalves foi primeiro-ministro de Portugal do segundo ao quinto governos provisórios após o 25 de Abril de 1974.
As duas obras são edições da Associação Conquistas da Revolução.

 

«Queremos uma Escola nova!»

28/10/2014

IMG_20141023_100127

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 23 de Outubro foi agendado para as 08h15, frente ao portão da Escola Secundária João de Barros, uma concentração de alunos que foi convocada um pouco por todo o país.
Os cortes no financiamento da Educação, a degradação das condições da Escola Pública e a reivindicação pelo Direito a Estudar, foram os elementos aglutinadores desta mobilização nacional de estudantes.
Na Escola Secundária João de Barros, a situação das obras paradas desde 2012, acrescenta argumentos muito fortes para o envolvimento de todos nestes protestos. «Queremos uma Escola nova!» foi o grito que mais ecoou por parte daqueles que, com os seus folhetos e faixas, promoveram mais um momento de reflexão sobre o grave problema que afeta a Escola.

Prof. Carlos Santos

XXV Festival Nacional de Bandas Filarmónicas de Arrentela

28/10/2014

cartaz frente

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 92 outros seguidores