Skip to content

Inventário dos lagares de azeite do concelho de Sesimbra

Confeiteira

O Museu Municipal de Sesimbra procedeu, nas duas primeiras semanas de Agosto, ao inventário de quatro lagares de azeite, localizados na Venda Nova, Caixas e Calhariz.
O trabalho, desenvolvido por alunos da disciplina de Arqueologia Industrial da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, foi orientado pelo professor Jorge Custódio e acompanhado por especialistas entre os quais José Gouveia, natural de Sesimbra, docente do Instituto Superior de Agronomia e responsável pelo Cadastro Oleícola Português.
Os estudos, realizados ao abrigo de um protocolo celebrado em 2013, obedeceram ao preenchimento de fichas criadas especialmente para o efeito, que permitiram registar detalhadamente todas as estruturas nas suas vertentes de identificação, força motriz, pormenores construtivos e tecnologia empregue no armazenamento da azeitona, moagem, extração, decantação e armazenamento do azeite.
Foram ainda registados testemunhos de pessoas ligadas à atividade e às unidades produtivas, que vão permitir construir conhecimento em torno das manifestações de património cultural imaterial associado à economia e produção local do azeite.
Com estes trabalhos termina o inventário das estruturas produtivas, e ao qual se seguem a avaliação dos dados e a produção de conteúdos, que à semelhança do que foi feito com os Engenhos de Moagem de Cereais do concelho de Sesimbra dará lugar a uma publicação no âmbito da salvaguarda e valorização do património industrial sesimbrense.

Texto e foto: CMSesimbra

%d bloggers like this: